Cuidados com os idosos em dias quentes

Postado: 29 de março de 2022

Muitas cidades do Brasil apresentam altas temperaturas quase que o ano todo. Nessas condições os cuidados com os idosos em dias quentes devem ser redobrados, para evitar lesões e doenças de pele, devido à exposição aos raios solares e aos riscos de desidratação. Isso ocorre porque, com o passar dos anos, a nossa pele perde a sua vitalidade de antes, tornando-se mais sensível e ressecada, devido à redução natural do volume de água corpórea.

Por isso, quando a temperatura sobe, os idosos se tornam mais suscetíveis a desenvolverem problemas graves de saúde, tais como queda de pressão arterial, perda da consciência e sensação de tontura. Nos casos mais graves, pode-se chegar a comprometer alguns órgãos internos, como o cérebro, o fígado e o rim. 

Nesse sentido, é preciso estar alerta para manter o corpo permanentemente hidratado e se permitir curtir momentos de lazer ao ar livre. A seguir, conheça as razões para aumentar os cuidados com os idosos em dias quentes e algumas dicas para se manter saudável sob altas temperaturas.

Os cuidados com os idosos em dias quentes devem ser redobrados para manter a qualidade de vida deles

Mantenha-se hidratado:

A quantidade de água presente no organismo do idoso é relativamente menor em qualquer época do ano, mas, sob altas temperaturas, o risco de desidratação é muito maior. Por isso, não se deve esperar a sensação de sede para beber água. Chás e sucos naturais também são muito bem-vindos durante os dias mais abafados, enquanto o consumo de bebidas alcoólicas ou que contenham cafeína devem ser reduzidos, já que sua ação diurética pode levar o idoso a um quadro de desidratação.

2 – Evite a exposição ao sol

A pele do idoso é mais fina e mais sensível e, por isso, as chances de desenvolver lesões ligadas aos raios solares são maiores do que nos jovens. Dessa forma, a exposição solar para a ativação da vitamina D deve ser, no máximo, de 15 minutos por dia, em horários antes das 10h ou depois das 16h. Vale lembrar que a aplicação do filtro solar deve ser diária, mesmo quando for realizar curtas caminhadas.

3 – Atenção à alimentação balanceada

Alguns alimentos são importantes fontes de hidratação corporal. Por isso, a recomendação é que se aumente o consumo de verduras, legumes e frutas durante todo o ano, mas, especialmente, em dias com temperaturas mais elevadas. 

4 – Faça exercícios com cuidados especiais

Os exercícios físicos devem continuar na rotina do idoso, mas é preciso alguns cuidados a mais, principalmente nos dias quentes. As caminhadas devem ser nos horários em que o sol esteja mais brando e a garrafinha de água precisa ser uma companheira inseparável durante toda a estação.

Fique atento aos sinais de desidratação: dor de cabeça, lábios secos, cansaço, tontura, dores de cabeça, são exemplos de que a saúde do idoso precisa ser verificada para evitar comprometimentos mais graves. Então, redobre o cuidado em dias mais quentes e aproveite com muita qualidade de vida.

Publicado por: dolcevivere

6 visualizações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *